Usar WebDAV para inserir/obter conteúdos no Sharepoint

Uma forma muito fácil e útil de colocar e extrair conteúdos de um servidor baseado em Sharepoint é através de WebDAV.

O que é o WebDAV?

WebDAV significa Web-based Distributed Authoring and Versioning e é uma extensão ao protocolo HTTP para permitir a edição dos conteúdos localizados remotamente em servidores web. A ideia é tornar realidade a visão original da web, como sendo um meio editável e colaborativo, e não apenas destinado a consulta. Para saber mais sobre o protocolo em questão, visita o site http://www.webdav.org.

O que tem o WebDAV a ver com o Sharepoint?

Utilizando WebDAV torna-se possível aceder, através do Windows Explorer, aos documentos armazenados nas Document Libraries de Sharepoint e às paginas aspx que compõem um portal baseado em Sharepoint. Isto é especialmente útil para fazer uploads, movimentar documentos e outras tarefas de gestão de conteúdos.

Como se usa?

No servidor web é necessário activar a extensão WebDAV.
No caso de ser um servidor Windows 2003 Server a correr IIS, basta seguir dois passos:

  1. Aceder à ferramenta de administração do IIS, e na zona das extensões, permitir a extensão WebDAV.
  2. Aceder aos serviços do Windows, e verificar que o serviço Web Client está a correr com um utilizador com permissões para escrever nas pastas do servidor web. 

Na máquina cliente é necessário possuir uma aplicação cliente ou um sistema operativo com suporte nativo para WebDAV (a maioria possui esse suporte). No caso do Windows, o próprio Windows Explorer é um cliente WebDAV.

Assim que ambas as condições sejam cumpridas, torna-se possível aceder aos ficheiros que estão no servidor web como se de um share de rede se tratasse, ou seja, através de um endereço do tipo: \\servidor\doclibname\.

Problemas…

Há um cuidado em especial que é preciso ter no uso de WebDAV: o nome do servidor e as respectivas pastas (ou document libraries) não devem conter caracteres especiais (como sinais + ou -, acentos, etc). Isto porque, apesar de o Windows Explorer lidar bem com isso, outros clientes WebDAV não o conseguirão fazer e substituirão os caracteres por códigos do tipo %2F. Quando isto acontecer o servidor rejeitará a ligação como se a path fosse inválida.

Read here this post in english…

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *