TechDays 2008

Terminou na passada sexta-feira, 14 de Março, a terceira edição do TechDays. Durante 3 dias, várias centenas de participantes assistiram a conferências técnicas dadas por 120 oradores, e trocaram experiências entre si. Esta edição foi bastante maior do que as anteriores, e contou com a participação de muito mais empresas no salão de exposições. Podem consultar todos os detalhes em http://www.techdays.pt.

Infelizmente este ano apenas pude estar presente nos últimos dois dias. No entanto, foi um evento especial para mim, já que me deram a oportunidade de apresentar uma sessão. Aqui fica o meu agradecimento à Microsoft pelo convite.

Em relação à sessões a que assisti, aqui fica o meu testemunho:

  • INT04: Qual é o Contexto desta Conversação? Activando Conversações Longas em Serviços de Workflow. Serviços "Duráveis" – Sessão muito interessante sobre Workflow Services, dada pelo Zé Tó da Microsoft. Para quem não conhece o conceito, trata-se do resultado de integrar serviços WCF com workflows WF e permite resolver problemas como a manutenção de estado entre chamadas a serviços.
  • ARC01: Software + Services: The Convergence of SaaS, SOA and Web 2.0 – Excelente sessão, dada pelo Beat Schwegler da Microsoft, sobre S+S. Tratou-se de uma sessão mais teórica mas não demasiado complexa, e o Beat conseguiu passar muito bem a mensagem e a visão da Microsoft sobre o tema. Deu alguns exemplos claros de implementações do conceito, como o Eve Online ou o Amazon S3.
  • INT06: Viagem ao Centro da Núvem – O Internet Service Bus (ISB) e os BizTalk Services – Não podia faltar à Sessão do Jota não só por ser amigo e colega, mas porque o tema é muito interessante. O Jota conseguiu desafiar a audiência e eficazmente levantar o véu sobre os BizTalk Services e o que poderão vir a representar num futuro próximo. Apesar de se tratar de uma tecnologia ainda num estádio precoce, o seu potencial é enorme e poderá revolucionar a forma como as aplicações comunicam entre si. A ideia é capitalizar sobre o investimento feito pela Microsoft em tecnologias como o MSN Messenger e o Groove, que conseguem adaptar-se às configurações de segurança existentes e estabelecer ligações através de firewalls.
  • DEV02: Linguagens Dinâmicas na Plataforma .NET (Iron Python e IronRuby) – Como developer não poderia deixar de assistir a uma das sessões desta track. Esta em particular versou sobre duas novas linguagens do mundo .Net, o IronPython e o IronRuby, baseadas em Python e Ruby, respectivamente. Trata-se de linguagens interpretadas, com uma sintaxe bastante mais simples e mais natural que o C# mas com expressividade idêntica. Foi uma sessão introdutória mas bastante interessante, dada pelo Alcides Fonseca, Microsoft Student Partner.
  • COL07: Microsoft Search Server 2008 – Introdução e Apresentação de Novas Funcionalidades – Apresentação de um novo produto da Microsoft, derivado do Office SharePoint Server for Search, com algumas melhorias no motor de pesquisa e na sua interface de configuração. O Bruno Valente e o Luís Calado Sousa, da Microsoft, conseguiram explicar as melhorias e os impactos deste novo produto no mercado e nas organizações. É certamente um produto a manter debaixo de olho, para quem se movimenta no mercado SharePoint.
  • WEB05: ASP.NET Futures – Dynamic Data Controls and Astoria Services – Esta foi a primeira de duas sessões do Matt Gibbs (Microsoft) sobre a próxima versão do ASP.NET. O foco principal foram os Dynamic Data Controls que integrarão o próximo pacote de extensões do ASP.NET e que conseguem obter o schema da base de dados em tempo real adaptando-se automaticamente (mais informações aqui).
  • VST03: Hardcore Debuging e Profiling de Aplicações .NET – Assisti a esta sessão mais por curiosidade e, apesar de ser relativamente complexo, gostei bastante de conhecer algumas das técnicas e ferramentas de debuging usadas pelo suporte da Microsoft: MDbg, WinDbg, SOS e Hawkeye são apenas algumas delas. Esta sessão foi apresentada pelo Filipe Prezado e pelo João Loureiro, ambos da Microsoft.
  • WEB04: MVC Framework on Future ASP.NET – A segunda sessão do Matt Gibbs (Microsoft) sobre a próxima versão do ASP.NET, desta vez focada na implementação do padrão MVC, pela Microsoft. Eu já tinha assistido a uma sessão semelhante há alguns meses atrás, na Microsoft, pelo Dino Esposito, sobre o MVC. Trata-se de uma alternativa ao desenvolvimento ASP.NET clássico (e não uma substituição do existente) em que o desenvolvimento é feito em Modelos, Controladores e Vistas, e no qual o URL passa a ter um papel central. Deixa de existir code-behind e o developer passa a ter maior controlo sobre o markup gerado pelos controlos.

Relativamente à sessão que apresentei, COL04: Desenvolvimento de Aplicações Sofisticadas com Microsoft Office SharePoint Designer 2007, o objectivo era mostrar como se pode construir uma aplicação sobre SharePoint 2007, usando o SharePoint Designer 2007, sem código. Baseei-me num dos site templates da Microsoft (os fantásticos 40), ao qual adicionei algumas funcionalidades através de Data Views e Workflows, e mostrei como se fazia.

A sala estava cheia e penso que no geral correu bem, mas tenho consciência que há muito a melhorar e a aprender. A todos os que estiveram presentes, obrigado 🙂

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *